segunda-feira, 5 de junho de 2006

CAP limpa o Pico do Jaraguá no Dia Mundial do Meio Ambiente

Por Redação Webventure | 05/06/2006 - Atualizada às 12:58

Em uma rede de colaboradores, o Pico do Jaraguá, o ponto natural mais alto do município de São Paulo, que fica no parque estadual de mesmo nome, foi alvo ontem de montanhistas e escoteiros no já conhecido programa de limpeza e educação ambiental chamado Tá Limpo, Jaraguá!, do Clube Alpino Paulista (CAP).

Aproximadamente 100 voluntários, em parceria com a administração do Parque e com os escoteiros do Grupo de Escoteiros Tocantins, estiveram no parque das 9 às 14 horas, antecipando as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente e fazendo a limpeza de encostas (montanhistas) e parte baixa do parque (escoteiros).

Elenita Betiol, uma das coordenadoras do evento, esteve na região onde estão localizadas as antenas de TV (encostas), uma parte em que só escaladores trabalhariam devido ao difícil acesso. Este grupo retirou o material que é jogado de cima do pico e também o que acaba ficando na encosta por causa da ação do vento, e acaba se fixando em moitas e árvores. Já os escoteiros retiraram os detritos que rolam até as partes mais baixas.

Segundo Elenita, foram retirados 12 sacos de 100 litros de lixo do Jaraguá, o que resulta em 300 quilos. "Foi um pouco menos que no ano passado, quando fizemos a ação no Dia da Montanha Limpa, em setembro", conta a Elenita, que é montanhista do CAP. Também foi contatada a comunidade de catadores de lixo reciclável próxima ao Pico do Jaraguá para recolher hoje o lixo de materiais recicláveis que os voluntários separaram ontem em uma área específica do parque.

Parque Estadual - Para o diretor do Parque Estadual do Jaraguá Vladimir Arraes as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente vão de encontro com as necessidades do parque: “as parcerias estão funcionando a favor da comunidade. Desta maneira, existe a possibilidade dos visitantes mudarem também a forma de se relacionarem com o parque, que deixa de ser apenas um espaço para a visitação, mas principalmente se firma na necessidade de preservação”.

Vladimir conta que o Jaraguá já é alvo de um plano de manejo, que está bastante adiantado e passou a ser tido como unidade de conservação. "No parque já confirmamos até a presença de jaguatiricas isto só reforça a importância deste local para o meio ambiente de São Paulo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.